Com juros em alta, grandes empresas com ‘corda no pescoço’ devem ir de 400 para 700

Fonte: Estadão

Para ler a notícia completa clique aqui

×
×